11 de jun de 2009

Adeus

No dia em que você se foi o céu estava tão claro.
As nuvens passavam tranquilas, ignorando o que se passava sob seus pés.
As árvores sussuravam uma prece ao vento.
E eu só pude lhe dizer adeus.
Adeus.
À Deus, mãe.

20/07/1952 - 08/06/2009.

Nenhum comentário: