17 de nov de 2010

Bastidores - Capítulo 5


... please don't ask me where I'm going / cuz I don't know...
 (Till It Happens To You - Corinne Bailey Rae)



Me sinto perdida esses dias. Não vou entrar em detalhes pessoais aqui, mas aquilo que ando enfrentando na minha vida acaba se refletindo no trabalho com o Diário. É que quando me sinto insegura simplesmente empaco, não consigo ir adiante. O meu olhar duro e perfeccionista se volta para o trabalho, fico procurando erros e com uma vontade louca de refazer tudo.

É insano e frustrante, mas às vezes eu dou razão para esse sentimento. O que está me incomodando muito ultimamente é esse prédio abaixo, onde a Virgínia irá trabalhar. É a reprodução de um prédio antigo aqui da minha cidade, que hoje serve de biblioteca. Amo a arquitetura art-decó daqui, embora ela tenha sido engolida por prédios novos ou fachadas comerciais e só resista em alguns pontos isolados da cidade. Queria prestar uma singela homenagem com esse prédio, mas ele simplesmente não se encaixa na história, no universo da Virgínia.





Cortes, recomeço, mudança de foco....isso faz parte do trabalho, é um processo chato mas necessário. Sinceras desculpas a todos, mas infelizmente o capítulo 5 ainda levará um certo tempo para vir à vida.

2 comentários:

Digo disse...

bom, melhoras aí, cat!

nanda disse...

uma pena que vai demorar mais, mas é bom que você faça do jeito que acredita que tem que ser, dando o melhor de si! :D
Espero que melhore.
Gostei do desenho desse prédio, também gosto de arquiteturas assim.
Beijo, e aguardo ansiosa o próximo capítulo, enquanto isso releio mil vezes os capítulos anteriores... hihihi *__*